5 dicas incríveis para transformar o seu Instagram

O SEU NEGÓCIO AINDA NÃO ESTÁ NO INSTAGRAM? ENTÃO PARE AGORA MESMO E LEIA ESTE ARTIGO!

Amiga empreendedora, se você decidiu montar o seu negócio e ainda não o transportou para a internet, tenho uma coisa a te dizer: seu empreendimento fracassará em um futuro relativamente próximo.

Os estudos preditivos sobre o comportamento do consumidor deixam uma informação bem clara: se o seu negócio não está na internet, ou você se adapta a esta nova realidade ou ele deixará de existir. Simples assim!

E agora que você sabe disso, saiba também que eu estou aqui para te ajudar e, durante este artigo, trocaremos várias figurinhas sobre como começar a migrar o seu negócio para a internet usando o Instagram.

Não é de hoje que sabemos que a forma como as pessoas realizam suas compras tem mudado significativamente.

Se antes o consumidor dedicava horas se locomovendo de loja em loja em busca de um produto, hoje ele gasta poucos minutos fazendo o mesmo, porém no universo online.

Já imaginou atrair milhares de visitas diariamente para o seu negócio? Convencionalmente, é um tanto quanto improvável conseguir um número tão expressivo de visitas de possíveis clientes ao seu estabelecimento, mas no universo online isso é absolutamente possível (e até superável).

Continue comigo neste artigo e eu vou te mostrar 5 dicas incríveis para transformar o seu Instagram numa máquina de vendas online (spoiler: a dica número 5 é a minha preferida!).

1. PERFIL COMERCIAL

O primeiro grande passo é alterar as configurações da sua conta para perfil comercial. Além de alternar o seu perfil, precisará deixá-lo em modo público e associá-lo a uma fanpage do Facebook.

Depois disso, é só trabalhar as informações que seu cliente verá em sua bio, como nome, telefone, site, etc.

2. ACOMPANHAR AS MÉTRICAS DO INSTAGRAM

Métricas no Instagram

Sabe aqueles 3 tracinhos que vemos do lado direito da tela inicial do Instagram (após alternar para perfil comercial, ok?)? Ao clicar neles, você deverá acessar o item Informações. Lá você encontrará tudo o que precisa para melhorar o desempenho das suas publicações.

Você acompanha de onde são seus seguidores, quais os dias e horários em que estão mais ativos e calcula seu engajamento com base em todos esses dados.

É um erro comum de muitos negócios ignorar todas essas métricas.

3. ESCOLHA BEM SUAS HASHTAGS

Embora existam em outras redes, elas têm um papel fundamental no Instagram: a segmentação.

Saber escolher suas hashtags é primordial para o sucesso da sua postagem. Escolha sempre as médias, do contrário sua publicação será empurrada pela enxurrada de postagens feitas com o uso da mesma hashtag – te aconselho 5 por publicação – e vá alternando.

É um erro fatal escolher hashtags muito genéricas ou com um número muito grande ou muito pequeno de publicações.

4. USE SEMPRE OS STORIES

Stories no Instagram para empresas

Além de toda a interface do Instagram possibilitar uma experiência com poucas distrações (diferente do Facebook que apresenta muitas informações ao redor das postagens), os stories têm um plus: eles ocupam a tela toda.

Não sei se faz muito sentido para você agora, mas a decisão de compra é um processo totalmente inconsciente, portanto, quanto menos distrações, melhor para o anunciante.

Os stories têm o poder de conectar, então faça perguntas que as pessoas não resistam e respondam (pessoas adoram falar de experiências pessoais). Interaja, dê opções como “você prefere isso ou aquilo?”.

Use hashtags, localização e, se o seu perfil tem mais de 10 mil seguidores, use o link de direcionamento e leve o seu seguidor exatamente para o destino que desejar. Toda essa interação aumentará a relevância do seu perfil e fará com que o algoritmo do Instagram aja a seu favor.

5. HUMANIZE E PERSONALIZE SUA EMPRESA

Instagram para conectar pessoas

As pessoas estão nas redes sociais para se conectarem e não para comprarem, então não transforme o seu perfil num grande panfleto de vendas.

A grande moral do Instagram é conectar as pessoas através de postagens instantâneas e espontâneas, sem aquela cara de que foram produzidas por uma agência de marketing, entende?

Isso não significa, obviamente, que suas postagens devam ser desleixadas. Encontrar o equilíbrio entre estes dois extremos é a grande sacada.

E não se esqueça: pessoas compram de pessoas e não de empresas. Dê um rosto para o seu negócio e faça com que as pessoas se conectem. A venda será consequência de todos esses processos.

Seja sua empresa grande ou pequena, seja você iniciante ou veterana no mundo dos negócios, uma coisa é certa: a internet é parada obrigatória quando o quesito é consolidar sua marca.

Se você faz parte do grupo de empreendedores relutantes quanto ao uso das mídias sociais, te desafio a colocar essas dicas em prática e voltar aqui para nos contar sobre sua experiência [positiva, tenho certeza😊].

Gostou desse artigo? Compartilhe nas suas redes sociais, pode ser muito útil para seus amigos e seguidores.

Conheça a autora desse artigo CRIS MURAKI
Cris Muraki

Bióloga por formação e empreendedora por profissão, Cris Muraki é CEO e estrategista de mídias digitais na Azure Joias Contemporâneas.

Apaixonada pelo universo feminino, acredita que o mundo como conhecemos (feito e dominado por homens), terá sua realidade transformada, pois um novo ciclo está por vir.

Acredita ainda que, em um futuro bem próximo, as mulheres terão cada vez mais coragem de enfrentar as oscilações econômicas e transformar suas habilidades em oportunidades de negócios altamente prósperos.

Instagram: @cris.muraki
Site: www.azurejoias.com.br